POR QUE DEVEMOS TER AUTOCONTROLE?

O autocontrole assim como agressividade, passividade, ansiedade e depressão costumam ser queixas muito frequentes dentro de um consultório de psicologia, portando iremos abordá-lo aqui diversas vezes.

Para iniciar esta conversa precisamos pensar sobre nossas ações e também sobre nossos pensamentos, vou dizer algo mais intrigante; quantos dos nossos pensamentos nos levam a ter comportamentos que nos prejudicam? quanto dos nossos pensamentos nos faz desistir ou evitar algo que poderia ser ruim, mas nem ao menos temos certeza? vou exemplificar: Uma pessoa com medo de dirigir, irá tentar dirigir amanhã de manhã. Até o momento exato dessa pessoa se sentar no volante, ela irá pensar mais de mil vezes (literalmente) sobre situações negativas, sobre o descontrole, sobre diversos medos e sobre ameaças que podem ou NÃO acontecer, dessa forma, a probabilidade dessa pessoa desistir antes mesmo de tentar será com certeza muito maior do que a tentativa por si só.

SUA MENTE SUA INIMIGA.

Não quero causar tumulto, mas nossa mente não nos ajuda, temos que fazer força para pensar positivo, temos que fazer mais força ainda para não ficar no piloto automático- do autojulgamento e da autopunição. Pode parecer triste, mas essa é a realidade de quase todos os seres humanos, alguns mais e outros menos, mas quase todos estão fadados a cair nessa armadilha. Afinal, acreditamos cegamente que nossos pensamentos são nossos aliados, eles são quando usados de forma correta, a mente humana pode ser uma incrível ferramenta.

PORQUE ESTAMOS ASSOCIANDO A MENTE COM O AUTOCONTROLE?

Porque quando você consegue pensar para agir, conseguirá ter relações mais satisfatórias, viverá com menos culpa, sentirá que é muito competente em sua vida.

O que levará uma pessoa ter mais autocontrole são as consequências de seus comportamentos, muitas pessoas que mostram que sabem lidar com certas situações, muito provavelmente já viveram muitas consequências de suas ações ou procuram pensar muito antes de agir- mas não se esqueça é imprescindível sair do campo dos pensamentos e se jogar mais para o mundo das ações. Muitas pessoas pensam, imaginam mas não conseguem colocar muita coisa em prática, dessa forma o desanimo e desamparo é inevitável.

Para que você obtenha autocontrole é necessário que você busque um ponto de equilíbrio entre suas ações, emoções e pensamentos, para isso você precisa inicialmente fazer uma análise profunda sobre as coisas que te incomodam, que te irritam, suas fraquezas e tristezas. Quais são as coisas na sua história de vida que foram difíceis que provavelmente influenciam o momento presente?

A partir desse ponto pense em seus valores, que tipo de pessoa você quer ser? como você quer expressar suas emoções e idéias? Pense bastante sobre isso e então planeje!. O planejamento também é uma ótima estratégia comportamental, com o planejamento você pode imaginar qual seria o melhor comportamento e reação quando algo indesejado acontecer. Se você conseguir colocar em prática todas essas estratégias tenho certeza que muita coisa pode mudar no que diz respeito ao seu autocontrole.

Lembre-se que precisamos nos expressar mas de forma pacifica e amena, as pessoas pode entender tudo o que queremos se falarmos de forma adequada.

Não se esqueça a ajuda de um profissional é sempre a melhor escolha para situações difíceis, esses textos não substituem um processo terapêutico, nosso caso de comportamentos agressivos, alguns casos podem obter mais resultados positivos quando tratado também com medicações.

 

Um abraço,

Natacha